Psychodrama in the contemporary world: a collective and political affair

  • Arthur Henrique Pereira
  • Ondina Pena Pereira
Keywords: Contemporaneity, privatized subjectivity, psychotherapy, instituent imaginary, de-territorialised fluxes of desire

Abstract

The objective of this paper is to establish a relationship between the way of life of our contemporary world - characterised by the presence of technological refinements, the deterioration of collective and public relationships, and the excessive individualization of the human being resulting in the appearance of privatized subjectivities - and the scene of psychotherapy, with its potentials and limitations in resolving the psychological suffering generated within this context. Based on Moreno's concept of the cultural conserve, and the links between Moreno's views, Castoriadis's concept of instituent imaginary and Deluze's concept of de-territorialised fluxes of desire, the authors deliberate the possibility of psychodrama being a collective and political space that can redeem subjectivity.

Downloads

Download data is not yet available.

References

AGICH, George. Dependência e autonomia na velhice: um modelo ético para o cuidado de longo prazo. São Paulo: Loyola, 2008. [ Links ]

BAUDRILLARD, Jean. Écran total. Paris: Galilée, 1997. [ Links ]

______. A troca impossível. Trad. de Cristina Lacerda e Teresa Dias Carneiro da Cunha. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2002. [ Links ]

BAUMAN, Zygmunt. Amor líquido: sobre a fragilidade humana. Trad. Carlos Alberto Medeiros. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2004. [ Links ]

______. Tempos líquidos. Trad. Carlos Alberto Medeiros. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2007. [ Links ]

CASTORIADIS, Cornelius. A instituição imaginária da sociedade. Trad. de Guy Reynaud. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982. [ Links ]

______. Figuras do pensável: as encruzilhadas do labirinto. Vol. VI. Trad. de Eliana Aguiar. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2004. [ Links ]

COSTA, Ronaldo Pamplona da (org.). Um homem à frente de seu tempo: o psicodrama de Moreno no século XXI. São Paulo: Ágora, 2001. [ Links ]

DELEUZE, Gilles. Conversações, 1972-1990. Trad. de Peter Pál Pelbart. Rio de Janeiro: 34, 1992. [ Links ]

DELEUZE, Gilles e GUATTARI, Félix. O anti-Édipo: capitalismo e esquizofrenia. Rio de Janeiro: Imago, 1976. [ Links ]

LEOPOLDO & SILVA, F. Heidegger e a técnica. Scientiæ zudia, São Paulo, v. 5, n. 3, pp. 369-74, 2007. [ Links ]

MILAN, B. O jogo de esconderijo – terapia em questão. São Paulo: Pioneira, 1976.

MORENO, Jacob Levy. Psicoterapia de grupo e psicodrama. São Paulo: Mestre Jou, 1974. [ Links ]

______. Quem sobreviverá? Fundamentos da sociometria, psicoterapia de grupo e sociodrama. Trad. de Denise Lopes Rodrigues e Márcia Amaral Kafuri. v. I, II e III. Goiânia: Dimensão, 1994. [ Links ]

NAFFAH NETO, Alfredo. Psicodrama: descolonizando o imaginário. São Paulo: Brasiliense, 1997. [ Links ]

PEREIRA, Arthur Henrique. O conflito dramático entre o papel social e imaginário na trajetória protagonizada por Dom Quixote. 2003. 68 p. Trabalho final de curso (Graduação em Psicologia) – Faculdade de Psicologia, Universidade Católica de Brasília.

PEREIRA, Ondina Pena. Do ethos do indivíduo grego ao êxtase do sujeito contemporâneo. In: Revista Episteme, n. 19, julho/dezembro, 2004. [ Links ]

RICKEN, Friedo. O bem-viver em comunidade: a vida boa segundo Platão e Aristóteles. Trad. Inês Antônia Lohbauer. São Paulo: Loyola, 2008. [ Links ]

SENNETT, Richard. O declínio do homem público: as tiranias da intimidade. Trad. de Lydia Araújo Watanabe. São Paulo: Companhia das Letras, 1998. [ Links ]

ZELDIN, Theodore. Uma história íntima da humanidade. Trad. Hélio Pólvora. Rio de Janeiro: BestBolso, 2008. [ Links ]
Published
2020-01-08
How to Cite
Henrique Pereira, A., & Pena Pereira, O. (2020). Psychodrama in the contemporary world: a collective and political affair. Revista Brasileira De Psicodrama, 17(2), 22-48. Retrieved from https://revbraspsicodrama.emnuvens.com.br/rbp/article/view/107
Section
Seção Temática

Most read articles by the same author(s)