PSICODRAMAS PÚBLICOS: POR QUE E PARA QUÊ ?

  • Ana Maria Fonseca Zampieri Universidade de São Paulo
Keywords: Public Psychodrama, resilience, health, education, psychological immunity

Abstract

The author briefly describes his experiences of thirty-three years in Public Psychodrama, to base such proposals of intervention in psychotherapy and educational. Emphasized the proposal of Moreno as a revolutionary, effective and contemporary to the dealings of everyday topics explained in cultural conserve, of fundamental importance to public health and education as: violence, sexuality, prejudice, catastrophes, disasters, homo and biphobia, among others. Based upon the need of Public Psychodrama in education and health through reflections after clinical results and research with different groups in different socio-cultural levels. It emphasizes the why and for what the Public Psychodrama, by force to a psychic immunity, resilience and health that they favor.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biography

Ana Maria Fonseca Zampieri, Universidade de São Paulo

Psicóloga (USP, 1975), psicodramatista, terapeuta didata e professora supervisora pela Febrap, pós graduada em terapia sistêmica, psicotrauma e terapia sexual, terapeuta de EMDR e Brainspotting. Mestre, doutora e pós-doutora em psicologia clínica (PUCSP). Doutoranda em psicologia e disruptivo (Universidad del Salvador, Buenos Aires, 2011). Coordenadora do departamento de ciência e ensino da F&Z Assessoria e Desenvolvimento em Educação e Saúde Ltda. Diretora de ciência e academia da Abrapahp: Associação Brasileira de Programas de Ajuda Humanitária Psicológica.

References

BENYAKAR, M. Lo disruptivo. Buenos Aires: Universidad del Salvador, 2005.

BUBER, M. Eu e tu. São Paulo: Cortez e Moraes, 1977.

FOUCAULT, M. O nascimento da medicina social. Rio de Janeiro: Graal, 1979.

MATURANA, R. H.; VARELA, F. A. A árvore do conhecimento. Campinas: Psy, 1995.

MORENO, J. L. Psicodrama. São Paulo: Cultrix, 1974.

ORWELL, G. apud ZAMPIERI A. M. F. Erotismo, sexualidade, casamento e infidelidade. São Paulo: Ágora, p. 34, 2004.

Watzlawick , P. (org.). A realidade inventada. Campinas: Psy, 1984.

ZAMPIERI, A. M. F. Sociodrama construtivista da Aids. Método de construção grupal na educação preventiva da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida. Campinas: Psy, 1996.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

BROWN, E. Patterns of infidelity and their treatment. New York: Brunner Mazel Publishers, 1991.

Bustos, d. m. Nuevos rumbos en psicoterapia psicodramatica. Buenos Aires: Momento, 1985.

CAPRA, F. Sabedoria incomum. São Paulo: Cultrix, 1988.

HELMAN, C. G. Cultura, saúde e doença. Porto Alegre. Artes Médicas, 1994.

MERHY, E. E. A saúde pública como política. Um estudo de formadores de políticas. São Paulo: Hucitec, 1992.

ZAMPIERI, A. M. F. O axiodrama. Rev. Bras. de Psicodrama, Febrap, vol 2, 1994.

______. Medotologia psicodramática na educação preventiva da Aids. Rev. Bras. de Pesquisa em Psicologia. FEC do ABC, vol 1, nº1, 1987.

______. Sociodrama, educação e Aids, in: Cadernos de Psicodrama, Educação e Desenvolvimento. São Paulo: Ágora, 1990.
Published
2020-01-10
How to Cite
Fonseca Zampieri, A. M. (2020). PSICODRAMAS PÚBLICOS: POR QUE E PARA QUÊ ?. Revista Brasileira De Psicodrama, 19(2), 41-47. Retrieved from https://revbraspsicodrama.emnuvens.com.br/rbp/article/view/240
Section
Seção Temática